Page 39

Conforme já foi dito aqui, o biodiesel é um combustível menos poluente que o diesel tradicional. Apesar de também haver emissão de CO2 (e nenhum outro resíduo nocivo ao meio ambiente), estudos apontam índices de emissão de CO2 até 80% menores em relação ao diesel de petróleo. Graças a essa característica, ele se torna uma opção não agressiva ao entorno ambiental. O que faz do biodiesel um combustível renovável é o fato de que todo o CO2, emitido na queima no motor, seja capturado pelas plantas e utilizado por elas durante o seu crescimento e existência. Estas mesmas plantas serão utilizadas mais tarde como fonte para a produção de novos biocombustíveis, por esse motivo, chamados de ‘energias renováveis’.

Biomassa Apesar de ser, nos dias de hoje, o centro de atenção de alguns setores, a biomassa já é conhecida e utilizada pela humanidade há muito tempo. Durante milhares de anos foi a única fonte de energia disponível à população, uma vez que não havia conhecimento científico para a exploração de outros recursos. Em um fogão à lenha ou em uma fogueira, a madeira queimada é um combustível de biomassa. Outro fator importante é o volume cada vez maior de lixo produzido no mundo. Este lixo pode ser aproveitado na geração de energia e sua utilização contribui para amenizar vários problemas ao mesmo tempo: diminuir o nível de poluição ambiental, provocar a contenção do volume de lixo das cidades e aumentar a produção de energia. Exemplos

Foto: Banco de Imagens Petrobras

O biodiesel e o meio ambiente

práticos disso são as sobras de casca de arroz, que geram energia para a indústria gaúcha, a queima do bagaço da cana-deaçúcar para a geração de vapor para produção de energia elétrica. Também é fato que algumas cidades do mundo já utilizam parte de seu lixo urbano para produzir energia elétrica.

Vantagens da biomassa na produção de energia Como principais vantagens da biomassa em relação aos combustíveis fósseis, na produção de energia, podemos listar as seguintes: • Ser fonte de energia limpa e renovável; • Causar menor corrosão nos equipamentos; • Os resíduos emitidos pela sua queima não interferem no efeito estufa. Ao contrário, partindo do ponto extremo da erradicação das emissões, por exemplo, de SO 2 (dióxido de enxofre), torna-se mais fácil reparar a situação;

• Ser uma fonte de energia, descentralizadora de renda – qualquer pessoa dona de um pouco de terra pode plantar vegetais que servem como fonte de biomassa; • Reduzir a dependência de petróleo por parte de países subdesenvolvidos, servindo também, dessa forma, como descentralizadora de poder; • Diminuir o lixo industrial. Pequenos produtores que utilizariam restos de produção como fonte de biomassa para geração própria de energia. Por exemplo, madeireiras que utilizem resíduos (serragem e restos de madeira) que antes virariam lixo; • Ter baixo custo de implantação e manutenção.

Processo de transformação da energia Por meio da fotossíntese, as plantas transformam a energia proveniente da luz do sol em energia química, que mais tarde pode ser convertida em calor, combustível ou TN Petróleo Estudante

37

TN Petroleo Guia do Estudante 2008  

Suplento da Revista Brasileira de Tecnologia e Negócios de Petróleo, Gás, Petroquímica, Química Fina e Biocombustíveis

TN Petroleo Guia do Estudante 2008  

Suplento da Revista Brasileira de Tecnologia e Negócios de Petróleo, Gás, Petroquímica, Química Fina e Biocombustíveis

Advertisement