Page 14

energia

A importância da

ENERGIA em nossas vidas Quando se fala em energia, a primeira coisa que vem a nossa mente é estarmos falando de energia elétrica ou de combustíveis. Nada mais natural, uma vez que todas as nossas atenções estão voltadas para as questões energéticas com as quais o mundo vem se defrontando nas últimas décadas, porém não podemos esquecer que a energia é um insumo indispensável não apenas ao desenvolvimento econômico, mas as nossas vidas. Afinal, tudo é energia!

Foto: Keystone

por Fernanda Romero

12

E

nergia é desenvolvimento. Se sustentável, ou não, é outra discussão. Mas sem energia as coisas não se movem, e sem movimento não há vida. O uso da energia, no século XX, estruturou a lógica e o raciocínio do homem nas mais variadas línguas; mudou o sentido dos negócios e encaminhou a humanidade para a maior revolução até então já vista: a globalização. Desde a primeira revolução industrial, quando o carvão mineral substituiu a lenha como fonte dominante, as energias fósseis se tornaram vetores centrais do industrialismo, tanto como combustível das máquinas a vapor, como insumo central para a fabricação de ferro. A energia das máquinas foi pouco a pouco substituindo o trabalho humano, dos animais e aquele obtido a partir das energias renováveis – como a biomassa e a energia eólica. As matérias-primas obtidas a partir de energias fósseis foram substituindo as naturais, principalmente a madeira. Esse processo de uso das energias fósseis se intensificou muito com o advento da segunda revolução industrial, iniciada por volta de 1950, com a instauração de novas fontes energéticas como o petróleo, o gás natural e a hidreletricidade etc. As sociedades humanas dependem cada vez mais de um elevado consumo de energia para sua subsistência. Para isso, foram sendo

TN Petróleo Estudante

TN Petroleo Guia do Estudante 2008  

Suplento da Revista Brasileira de Tecnologia e Negócios de Petróleo, Gás, Petroquímica, Química Fina e Biocombustíveis

TN Petroleo Guia do Estudante 2008  

Suplento da Revista Brasileira de Tecnologia e Negócios de Petróleo, Gás, Petroquímica, Química Fina e Biocombustíveis

Advertisement