Page 58

sc ento-me.

oncentro-me.

Penso nas primitivas ocultas que me ajudam a calcular áreas, conceptuais ou não, penso nos logaritmos que tantas vezes cruzaram os meus papéis. Penso nos vetores que me indicam direções, nas coordenadas que me situam no espaço, penso nas formas que sonho desenhar e no x, y e z que me dão o real. Após esta mão na consciência, vejo o percurso de Zaha Hadid como algo natural ou lógico. Começa por ingressar no curso de matemática e depois, e só depois, ruma para arquitetura. A segu-rança da geometria analítica, aquela que Descartes nos ensina, que permite a manipulação de equações para criar planos complexos, aquela que percorre os projetos de Zaha Hadid e que quase não nos lembramos que tem de existir,

58

art

tornou-se inata. Existe, coexiste, é essência sem se ver. É esta primeira leitura ao trabalho sui generis da arquiteta natural de Bagdad; a primeira dedução que retiro da leitura do seu percurso, do olhar atento ao trabalhar da forma impossível, dos planos torsos, das curvas que levitam de forma natural, sem esforço. Na paisagem, quase sempre urbana, ela cria dinâmicas revolucionárias, contrastantes, audazes e, simultaneamente, fluidas, permeáveis, leves, que nos fazem questionar a razão da ortogonalidade, que são o desafio a Newton no jogo de planos paralelos, oblíquos, de frente ou de nível. Cria uma arquitetura tantas vezes apelidada de futurista, mas será que se pode ser futurista se se existir desde ontem e hoje? Ao seu percurso de obra feita, vou chamar-lhe avant-garde com adjetivação futurista. Seja ele construído, conceptual, arquitetónico, urbanístico ou no design, ou ainda como sapiente lente da arte de projetar; numa mão cheia de talento, resultado da contínua experimentação de tecnologias de ponta e… Dou um passo atrás. Vou chamar-lhe avant-garde com ideias de futuro visionárias.

MAXXI / Roma / Itália / 1998-2009 fotografia Roland Halbe

Mutante 16  

Zaha Hadid • Adriana Barreto • Bloco 103 • Tiago Mourão • Ana Tecedeiro • Opera House (Austrália) • Made in Portugal • Conserva • Palácio da...

Mutante 16  

Zaha Hadid • Adriana Barreto • Bloco 103 • Tiago Mourão • Ana Tecedeiro • Opera House (Austrália) • Made in Portugal • Conserva • Palácio da...

Advertisement