Page 40

A comida, ao jantar, depois de tanto exercício físico, soube mesmo muito bem! Sexto Tema: O desenho tem perdão? Domingo de Ramos, a Igreja do mosteiro preparava-se para a celebração da missa. Descemos às catacumbas, por baixo da igreja, onde estavam múmias embalsamadas, le mummie di Savoca. No início foi um choque. Depois, sem palavras, desenhámos apenas. Sétimo Tema: O isco ou o anzol? Objectivo: Fazer algo que não faríamos à partida. Surpreender, ser surpreendido. Procurar sinais de Primavera… Tarefa difícil com o frio que se fazia sentir nesta tarde de domingo. Procurei inspiração, procurei primeiro o calor e conforto do café… Bebi um capuccino, desenhei os doces típicos. Mas tinha

40

move

que seguir viagem… A estrada que sobe para Sávoca tinha-me fascinado desde o primeiro dia, a sua forma de serpente, como dizia a Emília. Desenhei a aguarela apenas, algo que não costumo fazer. Depois segui sem rumo, até que achei que era o momento de completar a mancha que tinha feito durante o jantar da chegada ao retiro. Com a caneta castanha que a Teresa me tinha oferecido, desenhei uma árvore sem folhas, à espera de renascer. Quando a minha caneta estava no ramo mais alto, um passarinho pousou, fiquei contente: já tinha a minha primavera! Desenhei depois a silhueta da città, a permanente relação entre as casas e a natureza, as verticais que descem até ao mar. Agora já ao pé do Miguel, um dos companheiros desta viagem. O frio obrigou-nos a voltar a casa! d

Mutante 16  

Zaha Hadid • Adriana Barreto • Bloco 103 • Tiago Mourão • Ana Tecedeiro • Opera House (Austrália) • Made in Portugal • Conserva • Palácio da...

Mutante 16  

Zaha Hadid • Adriana Barreto • Bloco 103 • Tiago Mourão • Ana Tecedeiro • Opera House (Austrália) • Made in Portugal • Conserva • Palácio da...

Advertisement