Page 30

Finalmente, Cidade do Cabo A Cidade do Cabo respira um ambiente boémio e descontraído. O centro histórico, para calcorrear a pé, permite descobrir a cada esquina edifícios com história, feiras de artesanato coloridas, memórias dos tempos do apartheid… São indispensáveis as visitas ao porto de recreio; a Bo Kaap, bairro negro onde a população se “vingou” da proibição de vestir roupas coloridas pintando as casas de cores berrantes; sentir o “peso” da história no Distric Six. Igualmente intensa é a visita a Robben Island, que abriga a prisão que serviu de casa a Nelson Mandela.

Se o vento o permitir, é obrigatória a uma das Sete Maravilhas Naturais do Mundo, a famosa Table Mountain, formação rochosa com o topo plano (tal como muitas outras montanhas na África do Sul “esculpidas” por ventos fortes). À emocionante subida de teleférico segue-se uma caminhada de duas horas pelo topo, que permite avistar os extremos meridionais do continente, como o Cabo das Agulhas e o da Boa Esperança, lugar de especial importância para qualquer português, que não consegue deixar de emocionar-se face ao padrão que assinala a vitória dos navegadores lusos sobre os maiores perigos do mar.

5 a morada dos boémios • cidade do cabo

6 espectáculo de rua

30

move

Mutante 16  

Zaha Hadid • Adriana Barreto • Bloco 103 • Tiago Mourão • Ana Tecedeiro • Opera House (Austrália) • Made in Portugal • Conserva • Palácio da...

Mutante 16  

Zaha Hadid • Adriana Barreto • Bloco 103 • Tiago Mourão • Ana Tecedeiro • Opera House (Austrália) • Made in Portugal • Conserva • Palácio da...

Advertisement