Page 1

SAN T UÁ R I O S AG R A DO COR AÇ ÃO DE JE SU S | JOINVILLE | JANE IRO | 2 0 1 9 | DI ST R I B U I Ç ÃO G R AT U I TA


EXPEDIENTE

Ser cristão é ser discípulo missionário

PAPA FRANCISCO “’Não temas, eu estou contigo, eu te pego pela mão”. São todas palavras do Senhor que nos fazem entender esse misterioso amor que Ele tem para conosco. E quando Jesus fala de si mesmo, diz: ‘Eu sou manso e humilde de coração’. Também Ele, o Filho de Deus, se abaixa para receber o amor do Pai”.

Por Pe. Léo Heck, scj

O cristão torna-se sacerdote, profeta e rei pelo Batismo. Atributos essenciais que precisam ser desenvolvidos: crescer em santidade, como discípulo e missionário, aspectos que estão intimamente relacionados, mas são realidades distintas e subsequentes. Para São João, interessa ser discípulo amado de Jesus, ter intimidade pessoal com Ele. Em um primeiro momento, não interessa ser apóstolo evangelizador nem pastoral. O discipulado é a primeira qualificação do ser cristão. Ele mesmo se chama “o discípulo amado”. Só depois que a pessoa entra no caminho do seguimento, do discipulado,

2

@santuarioscj

será enviada em missão e pastoral. A Igreja é a formadora de discípulos, como continuidade do processo de evangelização. Os evangelizadores devem ser os primeiros a se converter em verdadeiros discípulos, em uma profunda comunhão pessoal com o Senhor, para serem, o quanto antes, evangelizadores, anunciadores da boa nova da salvação, da qual tiveram uma grande experiência. Não é casual que São João coloca duas ações em sequência: ‘’pescar e logo depois pastorear’’. Primeiro, temos que ir e buscar os afastados: esse é o momento missionário, evangelizador. Depois, vem a hora de pastorear ou pastoral. Primeiro, é preciso formar discípulos; depois, fazê-los apóstolos e missionários, inseridos na pastoral. A vida espiritual cristã é, primeiramente, uma resposta de fidelidade de comunhão a um Deus pessoal que nos chama. Uma resposta ao diálogo amoroso do Deus uno e trino, em e por Jesus. A vida cristã é, antes de tudo, seguimento à pessoa de Jesus. É uma moral de imitação de Cristo, de resposta ao Pai, assim como Ele pediu a Abraão: “caminha em minha presença e serás perfeito” (Gn 1,17b). Ser cristão é ser dócil ao Espírito Santo, do qual somos templos vivos; caminhar n’Ele e não contristá-Lo. Sejamos fiéis no seguimento de Jesus, imitando-O e transformando-nos n’Ele, até a completa identificação com Ele: caminhando no Espírito, sendo dóceis às suas inspirações e às suas moções; submetendo-nos, de maneira filial, à vontade do Pai, procurando agradá-lo em tudo. Ser discípulo missionário consiste, portanto, no caminhar no Espírito, no viver o Senhorio de Jesus e na fidelidade à vontade do Pai. Bom ano missionário a todos!

• 1ª sexta-feira do mês 4 de janeiro: 7h, 12h30 e 19h30 1º de fevereiro: 7h, 12h30, 16h e 19h30 De março a dezembro: 7h, 12h30, 16h, 19h30 e 23h (Missa Jovem)

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

• Rádio Clube Joinville (AM 1590) Segunda a sexta-feira 9h - O Santo do Dia 12h - O Pão da Palavra Sábado 8h - A Voz do Santuário • Rádio Arca da Aliança (AM 1480) Domingo 8h - transmissão da Santa Missa Segunda a sexta-feira 12h - Oração do Almoço Sábado 8h - Especial Pe. Zezinho Canção & Mensagem 1ª sexta-feira do mês 15h45 - bênção das casas 16h - transmissão da Santa Missa

O Jornal do Santuário é uma publicação do Santuário Sagrado Coração de Jesus, sob responsabilidade do padre Léo Heck, scj Rua Inácio Bastos, 308 - Bucarein - Joinville/SC 47 3455-2204 | www. santuarioscj.com.br

“Nós devemos nos deixar modelar por Deus. Vamos ver se nós estamos ocupando o lugar que Deus tem para nós. Temos que ver o que Jesus quer, no meio do povo ou em uma vida escondida. Temos que brilhar onde Jesus quer. Vamos aceitar o modo como Jesus nos quer formar na vida”.

HORÁRIOS DAS RÁDIOS

MISSAS NO SANTUÁRIO • Segunda-feira: 19h30 (pelos falecidos) • Terça-feira: 19h30 (pelas intenções da rádio e internet) • Quarta-feira: 19h30 (pelas famílias) • Quinta-feira: 19h30 • Sexta-feira: 19h30 • Sábado: 19h • Domingo: 6h30, 8h, 11h30 e 19h

MEMÓRIAS PE. ALOÍSIO, SERVO DE DEUS

Produção

• Atendimento de confissões, orientação espiritual e bênção de objetos De 3 a 31 de janeiro Terça e quinta-feira: 14h30 às 17h Quarta, sexta-feira e sábado: 8h30 às 11h • Adoração Eucarística *A partir de 7 de fevereiro Quintas-feiras, das 8h às 19h30 • Grupo de Oração (RCC) Quintas-feiras, às 20h30 • Pastoral Antialcoólica Sextas-feiras, às 20h

SUGESTÃO DE CONTEÚDO: redacao@agenciaarcanjo.com.br www.agenciaarcanjo.com.br facebook/agenciaarcanjo 47 3227-6640

DIAGRAMAÇÃO: Giovana Melo

JORNALISTA RESPONSÁVEL: Rayana Borba (DRT/SC 3809)

REDAÇÃO: Marco Farias

TIRAGEM: 2.600 exemplares

REVISÃO: Eva Croll

IMPRESSÃO: Gráfica Volpato

www.santuarioscj.com.br


REFLEXÃO

Por dom Francisco Carlos | bispo diocesano

Uma das devoções que melhor nos permite refletir sobre o amor de Deus, concretizado na pessoa de Jesus Cristo, é ao Sagrado Coração de Jesus. Permite-nos conhecer, corresponder e expressar nossa plena adesão a Jesus Cristo no Seu seguimento e missionariedade. Na linguagem bíblica o “coração” indica o centro da pessoa, a sede de seus sentimentos e de suas intenções. No Coração de Cristo Redentor adoramos o amor de Deus à humanidade, Sua infinita misericórdia e vontade de salvar todo o gênero humano. O segredo da vida da Igreja e de cada um dos cristãos nasce do Sagrado Coração. São palavras de São João Paulo 2º: “Próximo do Coração de Cristo, o coração humano aprende a conhecer o sentido verdadeiro e único da vida e do próprio destino, a compreender o valor de uma vida autenticamente cristã, a prevenir-se de certas perversões do coração, a unir o amor filial a Deus com o amor ao próximo. Assim é a verdadeira reparação exigida pelo Coração do Salvador sobre as ruínas acumuladas pelo ódio e pela violência, e poderá ser edificada a civilização do Coração de Cristo” (Insegnamenti, vol. IX/2, 1986, pág. 843). Cultuar e consagrar-se ao Sagrado Coração de Jesus significa adorar ao Filho de Deus que nos amou até o fim, foi transpassado por uma lança e do alto da cruz derramou sangue e água, fonte inesgotável de vida nova e eterna. Só dessa fonte inesgotável de amor é que podemos tirar a força necessária para viver, amar e realizar nossa vocação e missão.

GERAL

No Coração de Jesus, o amor divino Ao aprofundar nossa relação com o Coração de Jesus, reavivase em nós o amor de Deus; ele é acolhido em nossa vida e nos tornamos suas fiéis testemunhas. Somos chamados a contemplar e admirar o sacratíssimo Coração de Jesus Cristo para aprender o que é o amor e o que significa amar. Mais ainda, precisamos beber nessa fonte inesgotável de vida, donde brota a Igreja e seus sacramentos, para abrir-nos ao mistério de Deus e de Seu amor e deixar-nos transformar por ele. Todo aquele que mergulhar no Coração de Jesus e beber da água viva que ele oferece, será capaz de dar respostas a si e às necessidades do nosso tempo, nas várias dimensões da vida e atividades humanas, das espirituais às sociais.

Cultuar e consagrar-se ao Sagrado Coração de Jesus significa adorar ao Filho de Deus que nos amou até o fim

(Evangelli Gaudium 273)

Consagração ao Sagrado Coração de Jesus Coração de Jesus, Tu és a fonte do amor, da vida e da santidade. No Teu Coração, somos chamados a beber da fonte da Salvação, a experimentar a verdadeira paz e alegria, a fortalecer a nossa vocação e a participar do Teu amor solidário. Nós Te louvamos, porque sempre nos chamas para mais perto do Teu Coração e n’Ele nos ofereces um abrigo seguro onde descansar. Por isso, com alegria, acolhemos o Teu convite, “vinde a Mim”. Com o sincero desejo de viver e testemunhar o Teu amor, aqui estamos para consagrar nossa vida ao Teu Sagrado Coração e confiar à Tua proteção nossas comunidades, nossos projetos e trabalhos. Que o sangue e a água que jorram do Teu Coração, nos deem um coração novo para servir com gratuidade os nossos irmãos e irmãs. Amém.

www.santuarioscj.com.br

3


Doze promessas reveladas a Santa Margarida Maria Alacoque mostram caminho a seguir em 2019 Na parede da sua casa, com certeza, há um quadro com a imagem do Sagrado Coração de Jesus, assim como na casa dos seus pais e na dos seus avós. Ele é a memória de um contrato firmado no dia do Batismo. Nesse documento, Jesus Cristo oferece a você 12 benefícios que se realizam desde já, todos os dias, onde quer que você esteja. A sua parte no contrato é apenas uma: amor misericordioso a Ele e ao próximo. Como parte desse acordo, você tem direito a graças ilimitadas em todas as esferas da sua vida. Essas graças são reforçadas em caso de devoção fervorosa e esclarecida, principalmente se for acompanhada de auxílio aos mais necessitados, que precisam de reparação. A paz se transporta para dentro da sua casa, e se transforma em harmonia em todo lar consagrado ao Coração de Jesus. Você jamais está sozinho na hora da aflição, tem companhia na solidão e auxílio para carregar o fardo dos seus problemas cotidianos. Ganha segurança e proteção em todos os caminhos da vida e consolo certo na hora da morte. Cada projeto que você empreende recebe muitas bênçãos, que se tornam ainda mais abundantes conforme você também bendiz o Coração. Em caso de pecado, você recebe misericórdia e coração aliviado. O Coração acende um fogo fervoroso na alma de quem

está indiferente à fé, e quando essa fé se fortalece e intensifica, garante que essa alma se torne imitadora de Cristo por meio do amor. O quadro com o Sagrado Coração de Jesus é o símbolo do contrato firmado, e deve incentivar uma rotina de oração em família. Você compartilha todas as graças e ganha o poder de tocar o coração de quem ainda não vive o Evangelho no dia a dia. E como bônus, seu nome é escrito diretamente no Coração para toda a eternidade. Lá no fim do contrato, além da sua vida, o Coração de Jesus solicita apenas mais uma condição: a sua atenção e devoção por meio da Eucaristia durante nove meses seguidos, sempre na primeira sexta-feira. Se você é atento, notou dois detalhes: nove meses é o tempo de uma gestação. Logo, ao fim desse trajeto de conversão, nascerá um homem novo. E assim como são 12 as promessas, doze são os meses do ano. E esse é um claro convite à vivência do carisma do Coração de Jesus ao longo de todo esse ano de 2019, que está nascendo. Tudo para que você renove aquele contrato firmado no Batismo, e renasça homem novo, moldado pelo fogo que crepita naquele Coração que está no centro do quadro na parede da sua casa, e quer estar no centro da sua vida. Por Jouber Castro

Dica de leitura! O texto acima foi inspirado no livro “As 12 promessas do Coração de Jesus”, do Pe. Joãozinho, scj. Com uma linguagem simples e acessível, o livro está à venda na Livraria do Santuário por R$ 13.

www.santuarioscj.com.br


1 3

“Eu darei aos devotos de meu Coração todas as graças necessárias a seu estado” “Estabelecerei e conservarei a paz em suas famílias” “Eu os consolarei em todas as suas aflições”

“Serei refúgio seguro na vida e principalmente na hora da morte”

5

“Lançarei bênçãos abundantes sobre os seus trabalhos e empreendimentos”

7

“As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas pela prática dessa devoção”

9

“A minha bênção permanecerá sobre as casas em que se achar exposta e venerada a imagem de meu Sagrado Coração”

“Os pecadores encontrarão em meu Coração fonte inesgotável de misericórdias”

“As almas fervorosas subirão em pouco tempo a uma alta perfeição”

“Darei aos sacerdotes que praticarem especialmente essa devoção o poder de tocar os corações mais endurecidos”

11

2 4 6 8

10

“As pessoas que propagarem esta devoção terão o seu nome inscrito para sempre no meu Coração”

“A todos os que comunguem nas primeiras sextas-feiras de nove meses consecutivos, darei a graça da perseverança final e da salvação eterna”

12

No Santuário, cada promessa de Jesus revelada a Santa Margarida Maria é meditada na 1ª sexta-feira de cada mês – Dia devocional ao Sagrado Coração de Jesus – que conta com missas, atendimento de confissões, Adoração Eucarística, entre outras atividades. Confira as datas em 2019: 4 de janeiro 3 de maio 6 de setembro

1º de fevereiro 7 de junho 4 de outubro

1º de março 5 de julho 1º de novembro

5 de abril 2 de agosto 6 de dezembro

Aparelho Auditivo O Lyric é o aparelho auditivo totalmente invisível e resistente a água. Você não precisa trocar pilhas, não requer manutenção e você o utiliza 24 horas por dia. Rua Anita Garibaldi, 164 - Joinville/SC 0800.052.9191 | 47 9 9966.2034 www.digsom.com.br /clinicadigsom

www.santuarioscj.com.br

@clinicadigsom

Conheça o Lyric na DigSom


SANTUÁRIO 6

MISSÕES

Por Paulo Becher Junior | Comitê Missionário Paroquial

A comunidade paroquial experimenta o amor e evangeliza: convoca, forma e envia “Vós sois o sal da terra e a luz do mundo” (Mt 5,13-14) Com a força da Palavra de Cristo que une e reúne todos ao redor do Seu Coração, a comunidade é convocada para a missão. Cada pessoa é chamada a descobrir o seu lugar de atuação, na realidade específica onde está, para deste modo testemunhar a Jesus Cristo e a Sua proposta de vida. Os limites geográficos e humanos não podem colocar fim na missão. A comunidade deve lançar o seu olhar para além dos “seus muros”, e levar a Boa Nova do Evangelho a todas as pessoas e nas diferentes regiões. Deste modo, como uma “Igreja em saída”, como nos lembra o papa Francisco, as pastorais e movimentos da comunidade são comprometidos com a evangelização. Da mesma forma, cada membro da comunidade ao ser batizado, assume o desafio de ser missionário testemunhando com sua vida a ação redentora realizada por Jesus. Por meio da Exortação Apostólica Evangelii Nutiandi (1975), o papa Paulo 6º enfatiza que “Evangelizar constitui, de fato, a graça e a vocação da Igreja, a sua mais profunda identidade. Ela existe para evangelizar”. Neste grande impulso missionário, a comunidade da Paróquia Santuário Sagrado Coração de Jesus, em conformidade com a Igreja no Brasil e a Diocese de Joinville, quer continuar a “sair” para evangelizar. Levar outros para Cristo, aproximar Jesus das pessoas, é a missão evangelizadora da comunidade paroquial. A Assembleia Paroquial deste ano renovou o desejo comunitário de viver a missão evangelizadora. Inspirada na ação pedagógica e catequética de Jesus, vai convidar, formar, capacitar e enviar discípulos missionários para evangelizar. E pretende fazer isso no cotidiano de cada pastoral, movimento ou Grupo Bíblico de Reflexão. Não apenas em momentos específicos de visitas missionárias. A Encíclica Lumen Fidei convida todos a “Tocar com o coração, isto é crer” (LF 31). Com este movimento é possível deixar a graça de Deus agir, e com o coração tocado pelo espírito, reconhecer a Jesus como Senhor e Salvador.

A comunidade vive pela fé. Nela encontra o seu alicerce, bem como sua razão de ser. Por ela vive a misericórdia, tornase solidária às necessidades dos outros e é impelida a sair de si. Não é possível que a comunidade esteja voltada para ela mesma. Ao contrário, precisa estar aberta àqueles que dela precisam. Vivendo o amor que vem da fé, é possível reconhecer as necessidades dos outros, não como estranhos ou separados, mas irmãos.

Confira alguns eventos do calendário missionário do Santuário Sagrado Coração de Jesus em 2019: 13 de abril 1º Pré-retiro 18 e 19 de maio 1º Retiro de evangelização 8 de junho 1ª Pedalada misssionária 6 de julho 2º Pré-retiro

20 e 21 de julho 2º Retiro de evangelização 5 e 26 de outubro Santas Missões Populares (setores G e F da região geográfica) 26 de outubro Procissão até a Catedral Diocesana (encerramento do Mês Missionário Extraordinário)

www.santuarioscj.com.br


Por Guilherme Pontello

Férias: de Deus ou com Deus? Férias: época muito aguardada por todos nós, pois é o período no qual descansamos após termos realizado trabalho, despendido energia, nos esforçado em fazer algo se concretizar na sociedade, na comunidade, na escola, em casa ou profissionalmente. Pausa para desacelerarmos de nossas atividades tão intensas, cuja ininterrupção é massivamente incentivada por todos ao nosso redor. O repouso, o descanso e até mesmo o “dolce far niente” são importantes para recarregarmos nossas baterias e continuarmos seguindo em frente. Deus descansou após concluir a Obra da Criação: “No sétimo dia, Deus concluiu toda a obra que tinha feito; e no sétimo dia repousou de toda obra que fizera” (Gn 2,2). Seguindo literalmente a primeira parte de Gênesis 2,2, percebemos que mesmo no sétimo dia Deus estava em atividade. Da mesma forma nosso espírito se mantém em atividade, mesmo quando o corpo está em repouso. Somos corpo e espírito e, para sobrevivência de ambos, temos que nos alimentar; o corpo com alimento para o corpo e o espírito com alimento para o espírito. O próprio Jesus disse: “Não se vive somente de pão” (conf. Lc 4,4). É fácil percebermos quando temos que alimentar o corpo. E quando devemos alimentar o espírito? Sempre! É ele que nos guia pelos caminhos da vida. O corpo nos sustenta e o espírito nos orienta. O conhecimento alimenta a mente que nos guia nos caminhos do mundo, mas é o espírito nutrido pela Palavra viva de Deus, que nos orientará no caminho de santidade rumo à salvação eterna: o Reino de Deus! Férias são para o lazer, o descanso e a reposição de energia. Na Eucaristia repomos nossa energia espiritual em Cristo e com Cristo.

Por consequência devemos, mesmo em férias, continuar participando da Santa Eucaristia e de atividades e serviços em comunidade. Ter espiritualidade não é uma obrigação, mas ter a alegria de participar da vida e do caminho de Jesus. Que venham as férias, o tão sonhado e esperado lazer para o corpo e para a mente, e que venham acompanhadas do Pão que nos dá a vida plena. Como nos disse Jesus: “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em plenitude” (Jo 10,10).

Meta de 2019: estar mais perto de Deus Por Laiana Jacinto, psicóloga e coach | insightcarreira.com.br

Início de ano é sempre um momento de reflexão para planejar aquilo que queremos colocar em prática nos próximos meses. Nessa listinha de metas, tem gente que quer mudar de emprego, encontrar o amor, ter mais um filho, viajar, emagrecer... É uma lista de desejos que se transforma em objetivos. Mas alguma vez você colocou sua espiritualidade como meta? O seu compromisso com Deus é um objetivo constante? Estabelecer uma meta é escolher algo que você deseja, criando estratégias para chegar lá. Essas estratégias são pequenos compromissos que podem ser colocados em um plano de ação, executado durante a sua semana ou mês. Primeiro se pergunte: minhas atitudes no trabalho, em casa e na comunidade me aproximam ou me afastam de Deus?

www.santuarioscj.com.br

O que eu preciso fazer na minha semana para ser um cristão melhor? Faça uma lista de tarefas e atitudes e inclua na sua rotina como verdadeiros compromissos. Envolva as pessoas da sua família, faça metas coletivas e metas individuais. Você pode adicionar nessa lista ações como participar das missas, ler a Bíblia, fazer orações, contribuir na comunidade, visitar um enfermo, rezar o terço ou evangelizar, escolhendo aquilo que faz mais sentido para você. Deixe essa lista em um local visível e acompanhe periodicamente. Veja se está conseguindo praticar aquilo que foi proposto. Você perceberá que, ao longo do tempo, essas tarefas se tornarão hábitos na sua rotina, sentindo a presença de Deus ainda mais forte em sua vida.

ESPIRITUALIDADE

REFLEXÃO

7


31 dezembro 20h - missa 1º de janeiro 8h e 19h30 - missa

Programação de

fim de ano e janeiro

Missas de 26 de dezembro a 31 de janeiro Segunda a sexta-feira: 19h30 Sábado: 19h Domingo: 6h30, 8h, 11h30 e 19h Dia devocional 4 de janeiro - missa às 7h, 12h30 e 19h30 1º de fevereiro - missa às 7h, 12h30, 16h e 19h30 1º de março – missa às 7h, 12h30, 16h, 19h30 e 23h

Estamos em férias, tempo de brincar e descansar. Por isso, temos duas atividades para você. A primeira, possui duas imagens que parecem ser iguais, mas que tem sete diferenças. Você consegue descobrir quais os erros? Vamos lá:

Na segunda atividade, sua missão é descobrir qual a sombra correta:

Jornal do Santuário - janeiro de 2019  
Jornal do Santuário - janeiro de 2019  
Advertisement